Páginas

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Modelos de Negócios baseados em Software Livre

Atualização: Veja também a nova versão dessa palestra, apresentada no FLISOL 2009.


Esses são os slides de uma palestra que apresentei para o I SENAI-TEC, aqui em Aracaju, em 2008.


Quase todos nós já ouvimos falar de Software Livre, e muitos até já utilizam regularmente alguns de seus representantes mais famosos, como o Br-Office, o Firefox, até mesmo algum sistema operacional baseado em Linux. O problema é que muitas dessas pessoas acabam associando que Software Livre é sinonimo de Software Gratuito, e que essa é a sua principal (ou única) vantagem. Além disso, por desconhecerem os verdadeiros interesses por trás das guerras de formatos e padrões, não entendem por que certos documentos do Word ficam desformatados no Br-Office, ou porque certas páginas da web não abrem corretamente no Firefox, e acabam também associando que Software Livre é algo que não funciona direito.

O que me surpreende, entretanto, é que mesmo entre os profissionais de TI, muitos ainda desconhecem o que realmente é Software Livre, e têm preconceitos quanto à sua estabilidade, qualidade e potencial de exploração comercial. A motivação para essa palestra surgiu de uma conversa que eu tive, entre profissionais de TI, sobre a importância de difundir o conceito (não apenas o uso) de SL nas escolas, quando um deles discordou, defendendo que as escolas devem usar os "softwares que o mercado usa", e saiu com essa pérola:
"Essa onda de Software Livre nunca vai ganhar força, porque não tem apelo de mercado..."
Assim, o objetivo principal dessa apresentação é derrubar alguns mitos que ainda pesam sobre o conceito de Software Livre, principalmente quando relacionado à sua exploração como atividade lucrativa. Com base na frase do ilustre colega, eu procuro mostrar:
  • Um pouco de história, para provar que SL não é uma "onda". Ao contrário, desde o princípio da história da computação, o software sempre foi desenvolvido de forma aberta e colaborativa, com parcerias entre empresas e universidades, porque todos acreditavam que somente o hardware tinha valor comercial. Com o advento do microcomputador, nos anos 70, aí sim, surge uma "onda" para defender a propriedade intelectual sobre o software;
  • O que realmente significa Software Livre, e a diferença entre Livre e Gratuito;
  • De que forma você pode explorar um SL como uma atividade comercial, e que vantagens isso pode trazer para o desenvolvedor profissional de software;
  • Alguns exemplos de empresas de software proprietário que, para se manterem competitivas, foram forçadas a adaptar seus modelos de negócios para SL.
  • Finalmente, como os conceitos de desenvolvimento colaborativo e compartilhamento de informações estão dando origem a outros fenômenos, como projetos de Hardware Livre (afinal, sou professor de Eletrônica, e não de Computação!!!)
A propósito... essa apresentação (e todo o conteúdo desse blog) está licenciado sob CC-BY-SA. Saiba mais.

Por favor, deixe o seu comentário!

8 comentários:

brenlla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
brenlla disse...

Gostei muito Fábio! Parabéns também pelos risos que você me ofereceu e... pena de nao entregar as fontes.
Eu faço apresentaçoes muito parecidas, mesma temática, mesma licença, mas em galego e deixo as fontes ;-)
Confira: http://www.slideshare.net/brenlla
Abraço

Fábio Prudente disse...

Na verdade, esse foi meu primeiro teste com o SlideShare, e não conhecia seus recursos, por isso fiz o upload somente do pdf. Mas posso mandar o fonte em odp para quem quiser.

docetrago disse...

Caro Fábio, gostei muito do seu post sobre Modelos de Negócios baseados em SL. Poderia enviar pra mim o fonte em odp ? Muito agradecido ! Marco Sanches sanchesmg@uol.com.br

Anônimo disse...

Se for possível pode me mandar tbm a fonte.
Elias | ferrazberbert@hotmail.com

Fábio Prudente disse...

Quem quiser, pode baixar o arquivo-fonte dessa apresentação, em formato odp (Br-Office), aqui.

brenlla disse...

Uma vez mais, obrigado!

Anônimo disse...

Olá Fábio, muito legal a sua apresentação. Eu tenho uma sobe "Empreendedorismo e Software Livre" e gostaria de trocar uma idéia com você sobre coisas que acredito um poderia complementar no trabalho do outro.

Se estiver interessado no papo, entre em contato comigo em henrique@uniriotec.br

Abraços,
Henrique.

Postar um comentário

Artigos mais recentes:

Artigos mais lidos:

.