Páginas

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Google Chrome (Beta) disponível para Linux!

Após longos meses de espera, finalmente os usuários Linux podem rodar o Chrome como aplicação nativa.


Até agora, o navegador desenvolvido pelo Google estava disponível apenas para os sistemas Windows. Os usuários Linux podiam rodar a versão Windows via Wine, mas essa não era uma boa alternativa - eu mesmo testei há menos de um mês, e o desempenho era ruim, fazendo a CPU trabalhar em 100% em qualquer página com JavaScript.

Esta primeira versão para Linux, apesar de ser Beta, parece estar bastante estável. Instalou sem problemas (via .deb, no Ubuntu 8.10, 32bits), reconheceu automaticamente todos os plugins configurados no Firefox, e executou páginas com JavaScript (Google Docs) com um desempenho fantástico.

Para baixar, clique aqui.

7 comentários:

Ricardo Esdra disse...

estranho pois eu mesmo uso uma versão 64 bits do chrome no linux há pelo menos 1 mês, eu instalei um pacote em extensão [.deb], não precisei rodar via wine não.

Fábio Prudente disse...

Não seria o Chromium?

Ricardo Esdra disse...

Não, eu venho usando chrome mesmo nativamente só não sei a versão dele, e chega a ter 3 ou mais atualizações por semana dele para fazer.


Eu vi num post como instalar o chrome 64 bits no linux, fiz a instalação na época e uso ele até hoje sem problemas.


segue um exemplo de post que eu vi
http://www.ghacks.net/2009/06/06/install-google-chrome-on-linux-and-why-you-should/

docetrago disse...

Instalei hoje aqui e tá uma beleza ! Ubuntu Karmic Koala.

Fábio Prudente disse...

Dúvida: alguém poderia explicar quais as diferenças (se é que existem) entre o Chromium e o Google Chrome?

antonio (usuário não registrado) em 9/12/2009 às 12:40 pm
Fábio Prudente, Google Chrome é uma marca registrada da Google. Só eles podem lançarem o navegador com esse nome, quando eles julgarem o mesmo estável o suficiente.
Chromium é o nome que deram pro projeto pras pessoas não violarem a marca registrada se distribuírem seus próprios builds.
É a mesma coisa que ocorre com o Firefox. Só a Mozilla pode usar esse nome. Então distribuições que façam seus próprios builds soltam com outros nomes. A Mozilla também sugere nomes padrão para esses builds – Bon Echo, Minefield, etc. Já o Debian por exemplo dá seu próprio nome ao seu build personalizado – IceWeasel.

Ricardo Esdra disse...

olha verifiquei aqui em casa e é o google chrome mesmo minha versão atual é igual a da foto no inicio do post, e eu já venho usando ele há cerca de 1 mês mesmo, e vinha recebendo atualizações meio que diariamente.

Fábio Prudente disse...

Alguém no Br-Linux esclareceu essa questão: a versão a que você se refere estava em fase Alfa (versão de desenvolvimento, não recomendada para usuário comum). A versão atual é a Beta (versão de testes). O normal seria o lançamento da versão estável em alguns meses, mas a filosofia do Google é deixar seus produtos em longos (eternos?) períodos de Beta.

Postar um comentário

Artigos mais recentes:

Artigos mais lidos:

.