Páginas

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Artigo gerado automaticamente é aceito em Conferência do IEEE

Você conhece o SciGen?

É um software desenvolvido no MIT, sob licença GPL, para geração automática de artigos científicos. É fantástico: você dá a ele os nomes dos autores, e ele gera o texto, gráficos, referências bibliográficas... tudo abobrinha, texto aleatório, sem nenhum sentido, mas gramaticalmente correto, e perfeitamente formatado. Há uma demonstração online, vale a pena conferir.

Artigos gerados pelo SciGen já foram aceitos em várias conferências e agora, finalmente... foi aceito em uma conferência do IEEE !!!
Software-Generated Paper Accepted At IEEE Conference

"Check out the paper Towards the Simulation of E-commerce by Herbert Schlangemann, which is available in the IEEEXplor database (full article available only to IEEE members). This generated paper has been accepted with review by the 2008 International Conference on Computer Science and Software Engineering (CSSE). According to the organizers, 'CSSE is one of the important conferences sponsored by IEEE Computer Society, which serves as a forum for scientists and engineers in the latest development of artificial intelligence, grid computing, computer graphics, database technology, and software engineering.' Even better, fake author Herbert Schlangemann has been selected as session chair (PDF) for that conference. (The name Schlangemann was chosen based on the short film Der Schlangemann by Andreas Hansson and Björn Renberg.)"

nota publicada no Slashdot.

Embora possa parecer que esse resultado é um triunfo da Inteligência Artificial, a triste realidade é que ele expõe a fragilidade do sistema de revisão para aceitação de artigos. As grandes conferências científicas transformaram-se em eventos lucrativos, onde a quantidade de público é mais importante que a qualidade dos artigos.

Se você está precisando escrever um artigo de última hora, fica aqui a dica: use o SciGen! embora ele gere textos somente em inglês, você pode traduzi-los automaticamente para outros idiomas, usando o Google.

9 comentários:

Demostenes disse...

É vero, a comunidade científica esta perdendo credibilidade, tenho percebido isto a anos. É uma vergonha!!!

Demóstenes

João Marcelo disse...

Nos comentários do Slashdot, alguém afirma que o artigo foi aceito para a sessão de posteres, geralmente destino de todas as submissões que não conseguem entrar na conferência principal.

Tiago Veloso disse...

Pois é, João Marcelo, mas é esse, justamente, o problema. Qualquer artigo que não passe como apresentação oral deve entrar como pôster? Qualquer? Fica complicado quando um congresso internacional importantíssimo como o CSSE tem esse tipo de postura somente pra ter mais público. Perde toda a credibilidade.

Alex Projetos disse...

Interessante seria se fornecêssemos alguns parâmetros como por exemplo: economia, Shakespeare, escola, prisões. E depois algum processamento, pesquisando na internet, ele fornecesse um artigo sobre economia no custo de presídios por ensinar Shakespeare nas escolas.

Anônimo disse...

Esse artigo, no máximo, seria aceito como piada... não tem essa desculpa de que foi na sessão de pôsteres como se essa também não passasse por um crivo científico. O que aconteceu foi que os revisores desse artigo não leram e queimaram o filme da IEEE. Realmente é um escândalo. Discordo do post quando é colocado "quando vc precisar de um artigo de última hora". Ora, não existem artigos de última hora. Ciência não é isso e os artigos refletem (ou deveriam) o resultado de um trabalho árduo de pesquisa. Além do mais, estimular uma prática errada é tão errado quando cometê-la.

Anônimo disse...

De novo o MIT vem com balela. Olha, existem certos foros que todos sabem que não apresentam qualidade. Quando se vê um papaer emuma conferencia que nao é peer-reviewed, todos sabem que não se possui critérios objetivos para julgar a qualidade do mesmo e que provavelmente é um paper ruim. O mesmo ocorre quando o paper é rejeitado e aceito para poster session em algumas conferecias, inclusive muitas de mais alto renome.
Logo, isso tudo nao passa de auê do MIT, que se aproveitou desses espaços que para a sociedade podem passr desapercebidamente como locais de publicações cientificas de verdade, mas que de fato não são., que de fato todos os pesquisadores sérios tem plena ciência de que são lixo. Talvez o fato dos pesquisadores brasileiros não estarem a par dessa realidade faça com que caiamos na mesma armadilha, mas não se enganem, todos sabem que poster seesion e conferencia sem revisao é lixo, quase que invariavelmente. O que me entristece é ver o MIT se aproveitando disso e fazendo esse estardalhaço só pra conseguir atenção de mídia. Lamentável.

Fábio Prudente disse...

O comentário que fiz no último parágrafo sobre "escrever um artigo de última hora" é, claramente, uma ironia, e uma crítica ao sistema. Quem vive no meio acadêmico sabe que, em muitos lugares, infelizmente, "artigos de última hora" são mais frequentes do que se possa imaginar.

Quanto à crítica feita ao MIT, acho que não é esse o caso.

Marcel Moreno disse...

Não acho que o MIT foi errado ao desenvolver um programa com este intuito. Errado esta o meio acadêmico, que estar se tornando cada vez mais ambicioso e estar esquecendo do verdadeiro objetivo de um evento desse. Divulgar novas ideias.

Anônimo disse...

kkkk. o camarada ta criticando o MIT sem saber.
O paper está publicado na base do IEEE. E isso eh gravíssimo. Imagine quantos mestrandos e doutorandos vão baixar este paper na tentativa de realizar uma revisão...
E vai ler esta baboseira. O MIT nao está se aproveitando para aparecer nao. Eles nao precisam disso. Eu acho ótimo testar a capacidade dos eventos de revião. Inclusive das revistas. O software já teve artigo aceito em revistas. Isso eh muito critico.

Postar um comentário

Artigos mais recentes:

Artigos mais lidos:

.